III Congresso ISKO Espanha e Portugal,
XIII Congresso ISKO Espanha
.
Coimbra (Portugal), 23 e 24 de novembro de 20
17.

 

isko20171

Simões, Maria da Graça & Borges, Maria Manuel (Eds.). (2017). Tendências Atuais e Perspetivas Futuras em Organização do Conhecimento: atas do III Congresso ISKO Espanha e Portugal – XIII Congresso ISKO Espanha, Universidade de Coimbra, 23 e 24 de novembro de 2017. Coimbra, Centro de Estudos Interdisciplinares do Século XX – CEIS20. ISBN 978-972-8627-75-1.

 INTRODUCCIÓN

PONENCIA

PERSPETIVAS EPISTEMOLÓGICAS EM ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO

  1. Gustavo Silva Saldanha. TODOROV, A FILOSOFIA SIMBÓLICA E A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO: SOBRE O TRANSBORDAMENTO DO SIGNIFICANTE DE TESAURO AOS DESAFIOS DA WEB PRAGMÁTICA
  2. Clarissa M. S. Schmidt, Renato de Mattos. CONTRIBUIÇÕES AO ESTUDO DA ORDENAÇÃO DE DOCUMENTOS PARA ARQUIVÍSTICA
  3. Marco Donizete Paulino da Silva, Luciana de Souza Gracioso, Maria da Graça Melo Simões. OS DISCURSOS INSTITUCIONAIS SOBRE INTERDISCIPLINARIDADE ANALISADOS POR MEIO DA HERMENÊUTICA E DE CATEGORIAS PMEST
  4. Raquel Luise Pret, Rosa Inês de Novais Cordeiro. TEORIAS DA LINGUAGEM NOS ESTUDOS DE INDEXAÇÃO: UMA ANÁLISE A PARTIR DOS PERIÓDICOS JOURNAL OF DOCUMENTATION E KNOWLEDGE ORGANIZATION
  5. Giulia Crippa. A EXPANSÃO DO DOMÍNIO DO ARQUIVO: O CASO DO CSAC – CENTRO STUDI E ARCHIVIO DELLA COMUNICAZIONE
  6. Antônio José Rodrigues Neto, Renato Souza Rocha. UM ESTUDO PRELIMINAR SOBRE A APLICABILIDADE E EXTENSÃO DO MODELO SECI COM O USO DE DISPOSITIVOS DA INTERNET DAS COISAS
  7. Nair Yumiko Kobashi. ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO: INTERFACES INFORMACIONAIS, COMUNICACIONAIS E LINGUÍSTICAS
  8. Ricardo Biscalchin, Érica Fernanda Vitorini, Walter Moreira. ANÁLISE TEÓRICA CONCEITUAL DA TERMINOLOGIA, GARANTIA CULTURAL, MULTICULTURALIDADE E TRANSCULTURALIDADE NA CONSTRUÇÃO DE LINGUAGENS DOCUMENTÁRIAS
  9. Luciana Corts Mendes. O DOCUMENTO CIENTÍFICO COMO PRODUTO E COMO OBJETO DA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO
  10. Hildenise Ferreira Novo, Bruna Bomfim Lessa dos Santos, Carolina de Souza Santana Magalhães, Daniel Almeida Marins, Ivana Aparecida Borges Lins, Luís Carlos Batista de Jesus, Maíra Salles. ACHADOS TEÓRICO-EPISTEMOLÓGICOS EM TRABALHOS DO GT2-ENANCIB: UMA ANÁLISE BASEADA EM CATEGORIAS
  11. Mariana da Silva Caprioli, Larissa de Mello Lima, Walter Moreira, João Batista Ernesto de Moraes. AS CONTRIBUIÇÕES DA TERMINOLOGIA PARA A ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO CONHECIMENTO DE TEXTOS NARRATIVOS DE FICÇÃO
  12. Rosale de Mattos Souza, Antonio Victor Rodrigues Botão, Julia de Vasconcellos Machado da Silva. CENÁRIO DA REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO NA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO: VOCABULÁRIOS CONTROLADOS DE ACERVOS ARQUIVÍSTICOS NO RIO DE JANEIRO
  13. Angelica Alves da Cunha Marques, Thaiane Honda Cotts. POSSIBILIDADES E VIABILIDADE DA DESCRIÇÃO ARQUIVÍSTICA DESDE A PRODUÇÃO DA INFORMAÇÃO DIANTE DOS DESAFIOS DE SUA RECUPERAÇÃO

FORMAÇÃO E ATUAÇÃO PROFISSIONAL EM ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO

  1. Francisco Carlos Paletta, Armando Manuel Barreiros Malheiro da Silva. ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO NA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NA WEB DE DADOS
  2. Juliana de Mesquita Pazos, Clarissa Moreira dos Santos Schmidt. O ENSINO DA CLASSIFICAÇÃO ARQUIVÍSTICA NA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO: ANÁLISE QUALITATIVA DOS CURRÍCULOS DA UFF E UNESP
  3. Elisângela C. Aganette, Benildes Coura M. S. Maculan, Célia da Consolação Dias, Gercina Ângela Lima, Cintia de Azevedo Lourenço. AÇÕES PARA O PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM EM DISCIPLINAS DE ORGANIZAÇÃO E TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO: INOVAÇÃO PEDAGÓGICA DO GRUPO DE PESQUISA RECRI/UFMG
  4. Gabriela Belmont de Farias, Maria de Fátima Oliveira Costa. ATUAÇÃO PROFISSIONAL EM AMBIENTES DIGITAIS: PERSPETIVAS PARA O DESENVOLVIMENTO DA COMPETÊNCIA EM INFORMAÇÃO
  5. Mariângela Spotti Lopes Fujita. POLÍTICA DE INDEXAÇÃO PARA BIBLIOTECAS: ESTUDO DE ELABORAÇÃO, IMPLANTAÇÃO E AVALIAÇÃO COM PESQUISA-AÇÃO INTEGRAL
  6. Samir Elias Kalil Lion, Zeny Duarte. A ESTRUTURA/CARGO EM BIBLIOTECA E ARQUIVO: O PODER ORGANIZACIONAL
  7. Andreza Nadja Freitas Serafim, Izabel França de Lima Giulianne Monteiro Pereira, Fernanda Mirelle A. Silva, Bernardina Maria Juvenal Freire Oliveira. GESTÃO POR COMPETÊNCIA EM BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS
  8. Elisa Mussumeci, Flávio Codeço Coelho. RECONSTRUCTING NEWS SPREAD NETWORKS AND STUDYING ITS DYNAMICS
  9. Heliomar Cavati Sobrinho, Mariângela Spotti Lopes Fujita, Natanna Santana de Morais. A ÁREA DE DOMÍNIO NO ÂMBITO DA DISCIPLINA DE LINGUAGENS DOCUMENTÁRIAS
  10. Luciana Moreira, Monica Marques Carvalho Gallotti. PRÁTICA DA CATALOGAÇÃO DE MATERIAIS ESPECIAIS COMO PARTE DA FORMAÇÃO DO PROFISSIONAL DA INFORMAÇÃO
  11. José Carlos Sales dos Santos, Sinara Abreu Alves. COMPETÊNCIAS E COMPORTAMENTO INFORMACIONAL NA FORMAÇÃO CONTINUADA DE BIBLIOTECÁRIOS DO SISTEMA UNIVERSITÁRIO DE BIBLIOTECAS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DA BAHIA
  12. Marcia Mazo Santos, Marília de Souza de Mello, Márcio da Silva Albuquerque. GESTÃO DO CONHECIMENTO: FERRAMENTAS PARA RETENÇÃO E DISSEMINAÇÃO DO CONHECIMENTO ORGANIZACIONAL NO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA PRIMEIRA REGIÃO
  13. Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan. CONCEITOS EM ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO A PARTIR DO TEMA ÉTICA: DISCIPLINA DE USO DO SISTEMA CDU
  14. Ana Isabel Coelho, Maria Cristina Vieira de Freitas. GESTÃO DA INFORMAÇÃO OU DO CONHECIMENTO? UM ESTUDO DE CASO NA DIREÇÃO-GERAL DOS ESTABELECIMENTOS ESCOLARES-DIREÇÃO DE SERVIÇOS DO CENTRO

PERSPETIVAS DE INVESTIGAÇÃO EM REPRESENTAÇÃO E ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO: ATUALIDADE E TENDÊNCIAS

  1. Vera Lucia Punzi Barcelos Capone, Rosa Inês de Novais Cordeiro. ANÁLISE DA PAISAGEM RURAL SOB A ÓTICA DA TEORIA DA ESPACIALIDADE: SUA APLICAÇÃO AOS CENSOS AGROPECUÁRIOS DE 1970 E 2006 E O CAMPO TRAÇADO NO ATLAS DO ESPAÇO RURAL BRASILEIRO (2011)
  2. Márcio Bezerra Da Silva, Zeny Duarte de Miranda. CATEGORIZAÇÕES DE SOC: UMA INVESTIGAÇÃO LITERÁRIA
  3. Márcia Barcelos Gomes, Vânia Lisboa da Silveira Guedes, Maria José Veloso da Costa Santos. REVISITANDO WILLIAM SHAKESPEARE EM SISTEMA DE ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NA ÁREA DE LITERATURA INGLESA
  4. Maria do Carmo Oliveira Ribeiro, Fernanda Maria Melo Alves. ESTUDO DE PROSPECÇÃO E VIGILÂNCIA TECNOLÓGICA PARA BUSCA E RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO
  5. Paulo Madeira Gonçalves, Maria Cristina Vieira de Freitas. GESTÃO DO CONHECIMENTO E SISTEMAS DE GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS MICROEMPRESAS: FATORES CRÍTICOS, REQUISITOS E RECOMENDAÇÕES
  6.  José Humberto da Cruz Cunha. TAXONOMIA COMO INSTRUMENTO AUXILIAR PARA ESCOLHA DE PROCEDIMENTOS DE AUDITORIA CONTABIL
  7. Adriana Suárez Sánchez, Ariel Alejandro Rodríguez García. ONTOLOGÍA DE FENÓMENOS NATURALES: PLANEACIÓN Y DISEÑO
  8. Gracy Kelli Martins, Denysson Axel Ribeiro Mota. MAPAS CONCEPTUALES PARA MODELAJE CONCEPTUAL DE ONTOLOGIAS DE DOMINIO
  9. Rosa San Segundo, Maria Adelina Codina-Canet. INTERACCIÓN TECNOLÓGICA Y FUNDAMENTOS EPISTEMOLÓGICOS EN ORGANIZACIÓN DEL CONOCIMIENTO
  10. Guilherme Ataíde Dias, Josiana Florêncio Vieira Régis de Almeida. A CATEGORIZAÇÃO COMO ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NA PERSPECTIVA DE CHAIM ZINS
  11. Ariovaldo Veiga de Almeida, Maria Cristina Vieira de Freitas. COMPUTAÇÃO EM NUVEM E SISTEMAS DE GESTÃO DOCUMENTAL: AVALIAÇÃO DE RISCOS E RECOMENDAÇÕES
  12. Simone Torres, Maurício Barcellos Almeida, Maria da Graça Melo Simões. PRINCÍPIOS PARA MODELAGEM DE DOMÍNIOS EM SISTEMAS DE ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO (SOC)
  13. Helena Leitão, Maria da Graça Simões. O RESUMO CIENTÍFICO COMO RECURSO DE ACESSO EQUITATIVO À INFORMAÇÃO
  14. Joice Cleide Cardoso Ennes de Souza. TRATAMENTO INFORMACIONAL DA IMAGEM BIOMÉDICA: ESTADO DA ARTE EM PERIÓDICOS DE CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
  15. Ana Lúcia Terra. O ATO LEITOR NO PROCESSO DE INDEXAÇÃO: UMA ABORDAGEM COGNITIVA
  16. Graciane Silva Bruzinga Borges, Gercina Ângela de Lima. REVISÃO SISTEMÁTICA BASEADA EM PESQUISA BIBLIOGRÁFICA ESTRUTURADA – PPBE: UM MAPEAMENTO SOBRE ANÁLISE FACETADA APLICADA À ARQUITETURA DA INFORMAÇÃO
  17. Anisleiby Fernández Hernández, María José López Huertas. ONTOLOGÍA EN GESTIÓN DE PROYECTOS. UN ENFOQUE PRÁCTICO
  18. Jorge Santa Anna, Maria Elizabeth de Oliveira Costa. AS PESQUISAS SOBRE PERIÓDICO CIENTÍFICO PUBLICADAS NO BRASIL: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA DE LITERATURA
  19. Wanessa Rodrigues Martins, Thiago Henrique Bragato Barros. ESTRUTURAS SEMÂNTICAS DA REPRESENTAÇÃO DO CONHECIMENTO ARQUIVÍSTICO: ANALISANDO ELEMENTOS ESTRUTURANTES E DE CONTEÚDO
  20. Maria José Veloso da Costa Santos, Vania Lisboa da Silveira Guedes. CARTAS COMO GÊNERO DO DISCURSO CIENTÍFICO NA ÁREA DE MEDICINA TROPICAL: ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA E MAPEAMENTO DE REDE TERMINOLÓGICA
  21. Radia Bernaoui, Peter Ohly. A BIBLIOMETRIC STUDY OF ALGERIAN JOURNALS IN AGRONOMY. METHODOLOGICAL AND POLITICAL CONSULTING ASPECTS
  22. Ludmila Salomão Venâncio, Renato Rocha Souza. PROPOSTA METODOLÓGICA PARA MAPEAMENTO E ANÁLISE DE CONFIGURAÇÕES DE DISCURSOS SOCIAIS: AS REPRESENTAÇÕES DISCURSIVAS DE DILMA ROUSSEFF
  23. Joana Rodrigues. O CONTROLO DE AUTORIDADE DE DOCUMENTOS FOTOGRÁFICOS NOS ARQUIVOS
  24. Jorge Santa Anna, Maria Elizabeth de Oliveira Costa. MAPEAMENTO SISTEMÁTICO DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA NO ÂMBITO DA BASE DE DADOS EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO: PERIÓDICOS CIENTÍFICOS EM DISCUSSÃO
  25. Natália Bolfarini Tognoli, Suellen Oliveira Milani, José Augusto Chaves Guimarães. ELEMENTOS DE INDEXAÇÃO PARA ARQUIVOS PERMANENTES: APROXIMAÇÕES TEÓRICAS PRELIMINARES
  26. Murilo Artur Araújo da Silveira, Sônia Elisa Caregnato. DIMENSÕES DAS PRÁTICAS DE AUTORIA EM ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DO CONHECIMENTO NO BRASIL
  27. Maurício B. Almeida, Christiano P. Pessanha. ORGANIZAÇÃO E REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO CORPORATIVA
  28. Dunia Llanes-Padron, Manuela Moro-Cabero. LOS MODELOS CONCEPTUALES EN LA CIENCIAS DE LA INFORMACIÓN: UN NUEVO RETO PARA LA DESCRIPCIÓN Y EL ACCESO INTEGRADO DE RECURSOS
  29. José Carlos Francisco dos Santos, Walter Moreira. ANÁLISE SOBRE AS ABORDAGENS E APLICAÇÕES DO SKOS NO ÂMBITO DA LITERATURA PERIÓDICA INTERNACIONAL DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO
  30. Ely F. Tannuri de Oliveira, Leilah Santiago Bufrem, Bruno Henrique Alves, Natanael V. Sobral. FRENTE E ELITE DE PESQUISA DA ISKO-IBÉRICO, A PARTIR DOS TRABALHOS APRESENTADOS NO PERÍODO DE 2005 A 2015 
  31. Virgínia Bentes Pinto, Lidia Eugenia Cavalcante, Hamilton Rodrigues Tabosa, Odete Máyra Mesquita Sales. O USO DE VOCABULÁRIO DE NOMES POPULARES DE DOENÇAS COMO FERRAMENTA DE REPRESENTAÇÃO DA INFORMAÇÃO EM SAÚDE
  32. Jefferson Leite Oliveira Ferreira, Heliomar Cavati Sobrinho, Virgínia Bentes Pinto. CONSTRUÇÃO DE TESAURO NO DOMÍNIO DOS METADADOS PARA DESCRIÇÃO DE RECURSOS BIBLIOGRÁFICOS
  33. Jesús Tramullas, Ana I. Sánchez-Casabón, Piedad Garrido-Picazo. UTILIZACIÓN DE CATEGORÍAS DE WIKIPEDIA EN PROCESOS DE ORGANIZACIÓN DE INFORMACIÓN: HACIA UNA REVISIÓN CUALITATIVA
  34. Juan-Antonio Pastor-Sánchez, Dunia Llanes Padrón. RECORDS IN CONTEXTS Y LA PUBLICACIÓN DE CONJUNTOS DE DATOS ARCHIVÍSTICOS INTEROPERABLES
  35. Mariângela Spotti Lopes Fujita, Luciana Beatriz Piovezan, Natany de Souza dos Santos. A FUNÇÃO DO REGISTRO DE AUTORIDADE DE ASSUNTO NA CONSTRUÇÃO E USO DE LINGUAGENS DE INDEXAÇÃO PARA CATÁLOGOS ONLINE
  36. Wagner Miranda Gomes, Zeny Duarte, Dulcinéia Assunção, Adriana Rosa. INFORMAÇÃO E COMUNICAÇÃO DOS CONTROLES INTERNOS DAS UNIVERSIDADES FEDERAIS DO NORDESTE DO BRASIL
  37. Roberta Cristina Dal’ Evedove Tartarotti, Paula Regina Dal’ Evedove, Mariângela Spotti Lopes Fujita. VISIBILIDADE DE PESQUISADORES NA TEMÁTICA POLÍTICA DE INDEXAÇÃO: ANÁLISE DE CITAÇÃO E COCITAÇÃO
  38. Carlos G. Figuerola. ORGANIZACIÓN AUTOMATICA DE DOCUMENTOS MEDIANTE TÉCNICAS DE ANÁLISIS DE REDES SOCIALES
  39. Ana Rita Ferreira, Maria da Graça Simões. PERSPETIVAS DE HARMONIZAÇÃO DOS SISTEMAS DE ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO NAS ORGANIZAÇÕES
  40. Olívia Pestana. ORGANIZAÇÃO DA INFORMAÇÃO E DO CONHECIMENTO EM CONTEXTO EMPRESARIAL: A APLICAÇÃO DA ANÁLISE POR FACETAS
  41. Isidoro Gil-Leiva. LA INDIZACIÓN DE ARTÍCULOS CIENTÍFICOS CON EL SISTEMA DE INDIZACIÓN AUTOMÁTICA SISA COMPARADA CON LA INDIZACIÓN EN LAS BASES DE DATOS AGRICOLA, WOS Y SCOPUS
  42. Carlos Olmeda-Gómez, Daniel Martínez-Ávila, María Antonia Ovalle-Perandones. RELACIONES CIENTÍFICAS Y ORGANIZACIÓN DEL CONOCIMIENTO
  43. Helder Firmino, Gercina Lima. REUSO DE ONTOLOGIAS: UMA REVISÃO DE LITERATURA NO CONTEXTO DA WEB SEMÂNTICA
  44. Danilo André Bueno, Ana Célia Rodrigues, Maria Luiza de Almeida Campos. ANÁLISE DO CONCEITO DE “IDENTIFICAÇÃO ARQUIVÍSTICA” À LUZ DOS PRINCÍPIOS DA TEORIA DO CONCEITO DE DAHLBERG
  45. Mario Barité, Mirtha Rauch. EL ÁRBOL DE DOMINIO COMO HERRAMIENTA EN ORGANIZACIÓN DEL CONOCIMIENTO: APLICACIÓN AL ÁREA DE EDUCACIÓN SUPERIOR
  46. Luís Machado, Maria da Graça Simões, Renato Rocha Souza, Maurício Almeida. CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO E WEB SEMÂNTICA: UMA RELAÇÃO EFETIVA OU APÓCRIFA?
  47. Gercina Ângela de Lima, Benildes Coura Moreira dos Santos Maculan, Filipi Miranda Soares. ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA DO GRUPO DE PESQUISA MHTX
  48. Jacqueline A. Souza. RELAÇÕES SEMÂNTICAS EM FOLKSONOMIA NO DOMÍNIO DA DIABETES
  49. Livia Marangon Duffles Teixeira, Elisângela Cristina Aganette. OS PROCESSOS DE NEGÓCIO, A GESTÃO DE DOCUMENTOS E OS FLUXOS DOCUMENTAIS: ALGUMAS PERSPECTIVAS E RELAÇÕES
  50. Jacqueline A. Souza, Monica Marques Carvalho Gallotti, Jailma Santos. GESTÃO TERMINOLÓGICA: SUBSÍDIOS PARA A CONSTRUÇÃO DO VOCABULÁRIO CONTROLADO DA CARNAÚBA
  51. Marcia Cristina dos Reis, Edberto Ferneda. PROPOSTA DE UM MÉTODO PARA O DESENVOLVIMENTO DE OBJETOS DE APRENDIZAGEM BASEADO NA SEMIÓTICA E NO DESIGN DA INFORMAÇÃO
  52. Ana Margarida Dias da Silva, Leonor Calvão Borges. TEXTO VERSUS IMAGENS? FOLKSONOMIAS E INDEXAÇÃO SOCIAL EM ARQUIVOS
  53. Dulce Amélia de Brito Neves, Mariângela Spotti Lopes Fujita. A PROFUNDIDADE TEMÁTICA DA ANÁLISE DE ASSUNTO DE INDEXADORES NO BRASIL E PORTUGAL: ESTUDO DA COGNIÇÃO COM MAPAS CONCEITUAIS
  54. Fatima Cristina Lopes dos Santos, Maria Cecilia Magalhães Mollica, Vânia Lisboa da Silveira Guedes. COERÊNCIA NA REPRESENTAÇÃO TEMÁTICA DE ARTIGOS CIENTÍFICOS NO REPOSITÓRIO DE SAÚDE PÚBLICA DA FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
  55. Cristiane Mendes Netto, Gercina Angela Borém de Oliveira Lima. REQUISITOS PARA FERRAMENTAS DE VISUALIZAÇÃO DE ONTOLOGIAS
  56. Maria Luiza de Almeida Campos, Renato Rocha Souza. O PAPEL DAS DEFINIÇÕES NA FORMAÇÃO DE CORPUS TERMINOLÓGICO PARA ELABORAÇÃO DE ONTOLOGIAS DE DOMÍNIOS: UMA EXPERIÊNCIA A PARTIR DE EXTRAÇÃO AUTOMÁTICA E MANUAL
  57. Luís Corujo, Jorge Revez. UMA ABORDAGEM FENOMENOLÓGICA ÀS ORGANIZAÇÕES INTELIGENTES: A PERSPETIVA DOS ESTUDANTES DE PÓS-GRADUAÇÃO

DESAFIOS À ORGANIZAÇÃO E ACESSO AO PATRIMÓNIO CULTURAL

  1. Samanta Prado, Luzia S. F. Costa, Luciana S. Gracioso. TRATAMENTO E ANÁLISE DOS OBJETOS PRESENTEADOS AOS REITORES DE UNIVERSIDADES: QUESTÕES SIMBÓLICAS E DIPLOMÁTICAS
  2. Maria da Graça de Melo Simões, María Begoña López-Ávila, Blanca Rodríguez-Bravo, Maria de Fátima Moura Carvalho, Giovana Deliberali Maimone. ANÁLISE DO TERMO COMPOSTO NA INDEXAÇÃO DE UMA COLEÇÃO DE POSTAIS ILUSTRADOS (1940-1960) À LUZ DA NF Z 47-200 (1985)
  3. Gabrieli Aparecida da Fonseca, Sonia Troitiño. O LEGADO DO MÉTODO DIPLOMÁTICO E A IDENTIFICAÇÃO DOCUMENTAL: CONTRIBUIÇÕES PARA A ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO
  4. Lucia Maria Velloso de Oliveira, Camilla Campoi de Sobral. ARQUIVOS PESSOAIS E SEUS TIPOS DOCUMENTAIS: A PERSPECTIVA DA REPRESENTAÇÃO
  5. Bruno Henrique Machado, Rafael Semidão, Telma Campanha de Carvalho Madio. REFLEXÕES SOBRE UMA ORGANIZAÇÃO DO CONHECIMENTO FOTOGRÁFICO SEGUNDO SEU CONTEXTO DE PRODUÇÃO DOCUMENTAL
  6. Eliane Braga de Oliveira, Miriam Paula Manini, Sérgio Peçanha da Silva Coletto. DOCUMENTOS AUDIOVISUAIS, INFORMAÇÃO E MEMÓRIA: IDENTIFICAÇÃO DE ACERVOS FOTOGRÁFICOS E FÍLMICOS DAS REGIÕES ADMINISTRATIVAS DO DISTRITO FEDERAL DO BRASIL
  7. Fátima Portella Cysne, Maria Cleide Rodrigues Bernardino, Carla Façanha de Brito, Adriana Nóbrega Silva, Denise Marques Rodrigues. MEMÓRIA E PATRIMÔNIO CULTURAL: O MUSEU DO CEARÁ COMO LUGAR DE MEMÓRIA
  8. María Luisa Alvite Díez. COLECCIONES DE DATOS ABIERTOS ENLAZADOS: DE LA BÚSQUEDA AL DESCUBRIMIENTO DE INFORMACIÓN
  9. Belén Santana López, Críspulo Travieso Rodríguez, Manuel de la Cruz Recio. LA VISIBILIDAD DEL TRADUCTOR EN CATÁLOGOS Y REPERTORIOS BIBLIOGRÁFICOS ESPAÑOLES (1970-2010): POSIBILIDADES Y ESTRATEGIAS DE ANÁLISIS
  10. Natália Jorge, Filipa Medeiros, Juliana Rodrigues Alves, Susana Medina. OS VOCABULÁRIOS CONTROLADOS NA ORGANIZAÇÃO E GESTÃO DO PATRIMÓNIO CULTURAL: ORIENTAÇÕES PRÁTICAS
  11. Ana Claúdia Medeiros, Bruna Lessa, Carolina Magalhães, Daniel Marins, Hildenise Novo, Ivana Lins, Luis Carlos Batista, Maíra Salles. A MEDIAÇÃO DA INFORMAÇÃO NA REDE DE ARQUIVOS DIPLOMÁTICOS IBERO-AMERICANOS – RADI
  12. Vitória Gomes Almeida, Izabel França de Lima, Henry Poncio Cruz de Oliveira. METODOLOGIAS DE SALVAGUARDA DOS BENS CULTURAIS: CONTRIBUIÇÕES DA CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO NO CAMPO PATRIMONIAL
  13. Edna da Silva Angelo, Marlene Oliveira. DIAGNÓSTICO DA SOBREVIVÊNCIA E DISPONIBILIDADE DOS PERIÓDICOS CIENTÍFICOS ON-LINE DE ACESSO ABERTO: ESTUDO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (BRASIL)
  14. Sara Oliveira. USO DE UM PERFIL DE APLICAÇÃO PARA A GESTÃO E AGREGAÇÃO DA INFORMAÇÃO AUDIOVISUAL DA UNIVERSIDADE DO PORTO: O CASO TVU
  15. Cátia Rodrigues Barbosa, Luana Rodrigues Godinho Silveira. PATRIMÔNIO: IDENTIDADES CULTURAIS NO SANTUÁRIO BOM JESUS DO MATOSINHOS EM CONGONHAS-MG
  16. Josiane Mello, Angel Freddy Godoy Viera. AVALIAÇÃO DOS MODELOS CLÁSSICOS DE RECUPERAÇÃO DA INFORMAÇÃO EMPREGADOS NA ÀREA DA SAÚDE
  17. Zaira Regina Zafalon, Fábio Rogério Batista Lima, Paula Regina Ventura Amorim Gonçalez, Paula Regina Dal’Evedove. REPRESENTAÇÃO DOCUMENTAL DE GRAFFITI COMO PATRIMÔNIO CULTURAL: PROPOSTA METODOLÓGICO-CONCEITUAL
  18. Maria Manuela Pinto, Susana Medina, Paula Menino Homem, Augusto Ribeiro, Marisa Monteiro, Rodolfo Matos, Alexandre Lourenço, Sara Oliveira. U. PORTO DIGITAL MUSEUM PROJECT: TOWARDS CONVERGENCE IN UNIVERSITY’S INFORMATION MANAGEMENT

POSTERS

  1. Marianna Zattar, Regina Maria Marteleto, Marta Pedro Varanda. PRÁTICA INFORMACIONAL EM DOMÍNIOS INTERDISCIPLINARES: UM ESTUDO SOBRE A PRODUÇÃO DO CONHECIMENTO NA GOVERNANÇA DA ÁGUA
  2. L. S. Ascensão de Macedo. CLASSIFICAÇÃO DA INFORMAÇÃO ARQUIVÍSTICA SEGUNDO MÉTODOS FILOMEMÉTICOS: METADADOS COMO UNIDADES FENOTÍPICAS?
  3. Benjamín Camacho Vega, Zeny Duarte de Miranda. O PAPEL DOS SITES NOTICIOSOS NA DIVULGAÇÃO DA INFORMAÇÃO CIENTÍFICA E SEU USO NOS PROCESSOS DE EDUCAÇÃO INFORMAL DE CTI
  4. Cátia Rodrigues Barbosa, Mônica Elisque Carmo, Leonardo Barreto Oliveira. A PRESERVAÇÃO DA MEMÓRIA DOS GEOPARQUES NO BRASIL: O CENTRO DE MEMÓRIA DO QUADRILÁTERO FERRÍFERO EM MINAS GERAIS
  5. Ana Roberta Sousa Mota. O PROCESSO DE REFERÊNCIA NAS BIBLIOTECAS UNIVERSITÁRIAS BRASILEIRAS COM USO DAS REDES SOCIAIS
  6. Ana Patrícia Guimarães, Renato Rocha Souza. A ORGANIZAÇÃO DE DOCUMENTOS TÉCNICOS DE AERONAVES À LUZ DA CLASSIFICAÇÃO FACETADA